23 de abr de 2013

Pt. II

A graça da risada, o abraço, a mordida forte ou fraca, as piadas internas, as vontades e desejos, as loucuras num quarto, os sonhos e idealizações, o roçar dos pés, a diferença de altura, os gostos musicais e gastronômicos.
Acho que nunca disse que somos fãs de cerveja, fãs mesmo! ENLOUQUECIDOS, ENFURECIDOS PELA LOU(i)RA! E fomos bastante julgados por isso, mas quem se importa né? Estamos bem com nossa família: Eu, ele e a brahma, antarctica, itaipava, heineken, budweiser, ravache...................
A verdade é que não existe regra pra se amar, só existe a vontade. Pode ser que no futuro se encontre a fórmula que se evite brigas, separações ou ofensas desnecessárias, mas mesmo se ela existir vou querer viver esse amor desse mesmo jeito.
Gosto mesmo é do desespero que fico quando vai dando a hora da saída da faculdade e sei que vou ver o único rosto que desejo ver todos os dias pelo resto da vida. Gosto de quando grito e xingo, ofendo e bato, mordo e beijo e sou completamente compreendida. Gosto da verdade, da nossa verdade, da gente, do eu e ele que ninguém entende.
Mas acho que nunca disse que ele é o mundo né? O mundo aonde eu me encontro quando o Mundo Real me expulsa. Que ele é o veneno e a cura de todo e qualquer problema que existe nesse universo louco. Que ele é a insanidade e a sanidade do meu Eu. Que ele é e sempre vai ser o pedaço mais importante da minha carne, da minha alma e da minha fé. Porque se é pra ter fé na humanidade, que eu a deposite totalmente nele!
Não preciso ser forte, alegre, gentil, carinhosa, divertida ou inteligente. Ele não precisa ser rico, forte, grande, ele só tem que ser ele. E ser ele de verdade! Ser ele pra ser alguém que eu ainda ame todos os dias, a cada segundo nos próximos dias de todos anos dentro de todos os séculos que essa vida ainda vai nos proporcionar. E para isso, a gente cresce e luta pelo que é nosso. Mesmo que sozinhos e mesmo que distantes. Porque pra ser feliz e ser de verdade, a gente só precisa de uma coisa: Amar.
E se você ler isso - e eu sei que vai - lembra que mais ninguém nesse mundo ama e quer você como eu.
Seja bem vindo a minha vida, meu amor. Seja bem vindo a nossa vida. Eu te amo.

Pt. I

Há muito tempo, houve um tempo, existiu um espaço no meio desse tempo a ser preenchido pelos devaneios daqueles que eu mal conhecia. E então, esse tempo passou e eu mesma preencho cada espaço, cada canto e coluna dentro de mim com um amor único que achava estar perdido no meio da insanidade dos dias de hoje.
Descobri por mim mesma que o cavalheirismo não morreu, que o romantismo não é brega e que a sociedade não devia julgar os namoros felizes porque simplesmente existem há apenas 1 mês. E aos que julgaram o meu relacionamento com o meu namorado, marido, homem, companheiro e amigo, vocês podem fazer uso do direito que possuem de se manterem calados, pois vocês, seus merdas e humanos incompetentes não sabem o que é amar e ser amado, se desejar e ser desejado, se gostar e ser gostado. E se soubessem, eu aposto, que engoliriam com leveza o que sempre disseram não existir.
Nesse 1 ano e 60 dias, contabilizando algumas horas a mais de relacionamento enxerguei a fundo o quanto é implacável a força do amor. Ah, e o AMOR, é forte, sensato, justo e esse preenche a tudo que te falta.
Tive alguns namorados, não sou amiga ou inimiga deles, somos apenas conhecidos com algumas memórias em comum, e posso falar com todas as letras: NUNCA OS AMEI, NUNCA FUI FELIZ. Não é cuspir no prato que comeu, Deus que me livre. Mas é que agora eu entendo o que é isso tudo, o que é amar e ser feliz. Porque eu amo e sou feliz por amar assim. Porque eu vejo que o tempo passa e os detalhes se mantêm. [Continua...]

15 de fev de 2013

Aquele momento chato em que as palavras correm pela sua cabeça mas não conseguem sair pela sua boca. Melhor dizendo, escorrer pelos dedos. Tinha esquecido da sensação da escrita, do desespero que se é tentar dizer tudo e no final continuar com nada. Achei que as coisas haviam mudado, que eu havia mudado, que minha cabeça não estava mais pirando como antes, que finalmente a felicidade tinha vindo dormir comigo, agarrada com a cabeça no meu colo. Viagem a minha, acreditar nessa fútil realidade onde todos podem finalmente se encaixar e eu me sentir bem, pelo menos, durante minha vida. E que vida é essa? Vida que eu vivo esperando o monstro dentro de mim dormir e a princesa acordar.
Nunca tá bom, na realidade, nunca vai estar bom. E eu já não me importo mesmo. Me abster dessas situações será bem mais fácil, principalmente quando eu enxergar que eu não faria a menor diferença.
E que Deus tenha piedade de sua, da minha e da nossa alma.
Boa noite.

13 de abr de 2012

Beautiful =)

Ultimamente tem sido difícil chegar
Tenho estado por muito tempo só
Todo mundo tem um mundo privado
Onde eles podem estar sós
Você está me chamando?
Você está tentando superar?
Você está procurando por mim?
Eu estou procurando por você?

Estou simplesmente deprimido pra caralho, pareço não conseguir sair desse marasmo
Se eu pudesse superar esse obstáculo, mas
Eu preciso de algo pra me empurrar fora desse lixo
Tive minhas equimoses, tive meus caroços, cai e em seguida me levantei
Mas eu preciso dessa "faísca" para colocar o psicológico em ordem para pegar o microfone
Não sei como ou porquê ou quando acabei nessa posição que estou
Estou começando a sentir distante novamente, então decidi pegar a caneta
E dar uma tentativa mas eu não consigo admitir ou agarrar com firmeza
Ao fato de que eu talvez esteja acabado para o Rap, preciso de outra alternativa
E eu sei que é algo difícil de engolir, mas não posso sentar e nadar
Na minha própria tristeza, mas sei uma coisa, serei algo difícil de seguir
Algo difícil de seguir Eu serei algo difícil de seguir
Aqui hoje, ido amanhã, mas você terá que caminhar milhares de milhas

Em meus pés, só pra ver,
como é ser como eu,
Serei você, vamos trocar os sapatos
Apenas pra ver como será
sentir sua dor, você sente a minha,
entrar na mente um do outro
Apenas pra ver o que acharemos,
e olhar merda entre nossos olhos
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo

Acho que estou começando a perder o senso de humor, tudo está tão tenso e escuro,
Quase sinto que preciso checar a temperatura do quarto logo que entro,
É como se todos olhassem pra mim, então eu tento evitar contato com os olhos
Porque se eu fizer isso, abrirá portas para a conversação, como se eu quisesse isso
Não estou procurando atenção extra, simplesmente quero ser como você
Misturar com o resto do quarto, talvez só me indicar onde é o mais próximo quarto de descanso
Não preciso de nenhum criado tentando me seguir onde vou e limpar meu traseiro
E rir a cada piada que eu falo, quando metade delas nem são engraçadas como:
"Ahh, Marshall, você é tão engraçado, cara você devia ser um comediante bom pra caralho!"
Infelizmente eu sou, eu me escondo atrás das lágrimas de um palhaço
Então por que vocês sentam
ouvem a narrativa que estou pra contar?
Inferno.. Não vamos trocar nossos sapatos
e você não vai precisar caminhar as milhares de milhas

Em meus pés, só pra ver,
como é ser como eu,
Serei você, vamos trocar os sapatos
Apenas pra ver como
será sentir sua dor, você sente a minha, e
ntrar na mente um do outro
Apenas pra ver o que acharemos,
e olhar merda entre nossos olhos
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo

Ninguém pediu pra vida nos tratar, do que as merdas dessas mãos se tratam?
Temos que pegar essas cartas por nós mesmos, e usá-las, não espere ajuda
Agora eu poderia simplesmente sentar, falar e lastimar
Ou aceitar a situação que me encontro, me levantar e correr atrás
Nunca fui o tipo de garoto de esperar à porta e pegar suas malas
Ou sentar na varanda e esperar e orar, rogar pra um pai que nunca veio, aparecer
Eu só queria me acostumar em cada lugar, cada escola que eu fui
Sonhei sendo aquele garoto legal, mesmo se isso significa agir estupidamente
E tia Edna tinha me dito, se continuar fazendo aquela cara, vai ficar daquela forma
Entretanto, continuei lá segurando minha língua e tentando falar dessa forma
Até que coloquei minha língua naquele gelo com sinal de PARE aos 8 anos de idade
Aprendi a lição, pois não estava mais tentando impressionar meus amigos
Mas já te contei toda história da minha vida, sem basear apenas na minha descrição
Porque onde você vê isso, de onde você está, é provavelmente 110% diferente
Acho que teríamos que caminhar pelo menos uma milha nos sapatos de cada
Que tamanho você calça? Eu calço 10's, vejamos se serve nos seus pés

Em meus pés, só pra ver,
como é ser como eu,
Serei você, vamos trocar os sapatos
Apenas pra ver como será
sentir sua dor, você sente a minha,
entrar na mente um do outro
Apenas pra ver o que acharemos,
e olhar merda entre nossos olhos
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo
Mas não deixe que digam que você não é linda
Eles podem todos ficarem fodidos, basta que seja verdadeira consigo
Então ...

Yeah
Para minha crianças,
Força!
O pai voltará pra casa logo.
E para o resto do mundo,
Deus lhes deu sapatos, para servir-lhes,
Então coloquem-nos e usem-nos.
Seja você mesmo, cara.
Tenha orgulho do que você é.
Mesmo se isso soa meloso,
Não deixe ninguém lhe dizer que você não é linda.

25 de mar de 2012

2012.

Há tanto tempo não escrevo que me senti distante da vida. Esqueci do quanto era bom ter a sensação do domínio das palavras ou de como era expressar tudo sem dizer quase nada. De vez em quando, eu vinha aqui e lia tudo aquilo que um dia fez parte de mim ou então de quando eu já fiz parte da vida de alguém. Sinto falta de certas coisas, principalmente de uns posts antigos que se encontram aqui ainda. Sinto falta de como era ser vazia, fria e distante de certas coisas, mas não sinto tanta saudade há ponto de querer tudo aquilo de novo. Tenho andado bastante feliz e saltitante pelas coisas que tenho passado. Coisas que aconteceram rápido devido a um atraso nos planos de Deus ou nos meus planos. Eu nunca estive tão certa de que eu seria especial pra mim em algum momento, minha dúvida era se demoraria muito tempo. Então, agora estou aqui, firme e forte para dizer que eu nunca me senti tão grande e forte para encarar a vida que um dia me derrubou por tantas vezes, que me tirou tantas coisas, que eu chorei sangue pela falta e que me mostrou como ser o que sou hoje. Hoje eu dou valor as coisas que tenho, as que vou ter e as que deixei escapar porquê arrependimentos ainda existem e sempre vão existir, mas já sou madura pra lidar com eles. Eu hoje tenho fé e tinha esquecido como era ter isso. A vida é dura e cruel demais para se tentar seguir sozinho. Eu hoje amo mais do que amava o ontem e quero amar mais ainda do que vou no amanhã. Hoje tenho pessoas que fazem a diferença em minha vida e que me tornam mais 'Maria Gabriella','maripoison' ou simplesmente uma louca. Sou humana, cometo erros, cometo acertos, sorrio, choro, fico triste, alegre, com raiva, satisfeita e com todos os sentimentos que um ser humano consegue ter, até aqueles que não se consegue definição. Essa não é uma postagem daquela garota de meses atrás que pensava em suicídio por não ter força e fé em si. Essa é a postagem da mulher que hoje se enxerga firme e forte na vida e que vai seguir assim pra sempre. E essa postagem eu dedico a vocês que fizeram a diferença na minha vida. Pois,amanhã eu faço 18 anos e quero aprender mais ainda com vocês. Pra vocês que estão lendo. LIVE AND LET DIE. =)

18 de mar de 2012

Estou a passar pelo inferno insustentavél. Entre caminhos de pedras e esbarrões aonde verdades são incomodativas. Talvez amigos não sejam tão reais.

17 de mar de 2012



Te amar se tornou parte da minha respiração.